Entrevista: Nicole (Skare Tactic)

NICOLE ST

www.myspace.com/skaretactic

Nos passados dias 20, 21 e 22 de Agosto, Skare Tactic passou por Portugal e tocou nos três concertos de apresentação do último CD de Overcome. Nicole, a guitarrista da banda americana, aceitou fazer as honras e “tirar a virgindade” à secção das entrevistas do blog e ainda revelou o nome do próximo álbum da banda.

1- Antes de mais, como te envolveste neste meio que é o Hardcore/Punk?

Acho que tinha cerca de 13 anos… Um dos meus melhores amigos gravou-me um CD de Diecast e logo a seguir de Strife… E outros mais.  Sinceramente envolvi-me mais com o Metal que com o Hardcore no inicio, por isso considero-me mais uma “Metalhead”, haha.

2- Como anda a “cena” Hardcore pela tua terra natal? Muitos concertos/bandas etc?

Não como dantes. Hoje em dia existem demasiadas bandas, demasiados concertos e por isso os “miúdos” vão apenas aos shows das bandas que realmente gostam. Não tenho muito tempo para ir a tantos concertos como ia dantes mas sempre que posso gosto de ver bandas que toquem por cá. Hoje em dia o pessoal não dá o devido valor a certas bandas que tentam melhorar a sua comunidade local.

3- Já tocaste em tais bandas como Suffokate e Hoods. Como foste parar a Skare Tactic?

Toquei numa série de bandas mas os projectos mais sérios foram mesmo Hoods e Suffokate. O Anthony ligou-me um dia a convidar-me para tocar na banda (ST) pois precisavam de um guitarrista para a Tour a tempo-inteiro. Aceitei sem pensar duas vezes, desisti da faculdade e mudei-me para L.A. para dar 110% de mim à banda.

4- É difícil tocar numa banda de Hardcore e participar neste meio, sendo uma rapariga?

Não é difícil. Torna-se um pouco irritante passado um tempo porque a maior parte das pessoas pensa que sou apenas uma “groupie” ou a “merch girl” da banda, quando percebem que sou guitarrista ficam chocados. É fixe, gosto de surpreender as pessoas. O “Hardcore” precisa de mais raparigas.

5- “The Rage Within” é o álbum mais recente de Skare Tactic. Como te sentes acerca deste?

Apesar de não ter feito parte deste CD, adoro-o e acho que está demais. A próxima vez que passarmos pela Europa será para promover o álbum em que estamos a trabalhar agora, o “3rd Generation Skare Tactic”.

6- Já estás em Tour à algum tempo. Quão diferente é tocar nos USA e na Europa?

É dia e noite. Como referi antes muitos “miúdos” americanos não apreciam o Hardcore tanto como na Europa. Esta Tour europeia tem sido espectacular para Skare Tactic… Nunca sentimos tanto amor, apreciação e energia pelos “miúdos” como nos nossos concertos pela América.

7- Em Tour, notaste alguma diferença entre como o pessoal vive este tão aclamado estilo de vida que é o Hardcore, entre os Estados Unidos e a Europa?

Uma coisa que realmente reparei foi que em países mais pobres e em pequenas terras no leste europeu a comunidade “Hardcore” é muito pequena. O público dessas zonas era muito diverso e parecia que estavam ali por ser um evento com uma banda estrangeira e não pelo Hardcore em si. Esses foram os shows mais divertidos para nós e  dificilmente podem ser chamados de “concertos de Hardcore”.

8- Se pudesses escolher quais queres 3 bandas para ires em Tour com Skare Tactic, quais seriam?

Biohazard, Life Of Agony e Hatebreed. Acho que seria em grande.

9- Última questão. Queres dizer algo aos teus fãs portugueses?

Vocês têm muito para dar ao Hardcore, continuem assim! Obrigado pelo apoio e iremos ver-nos em breve!

Especial obrigado à Vânia pelo apoio na realização desta entrevista.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: